Solo “Rosas Negras” encerra projeto Natas em Solo em Salvador


FABÍOLA JULIA - ROSAS NEGRAS_FOTO DE DIANA RAMOS
Foto: Diana Ramos

O projeto Natas em Solos – Seis Olhares Sobre o Mundo”, com apresentações do Grupo NATA, em Salvador, se despede este mês com o solo “Rosas Negras”, da intérprete-criadora Fabíola Júlia com direção de Diana Ramos. O espetáculo homenageia a mulher negra, faz uma ode à afirmação de sua autoestima em todas as instâncias.

Nele, a atriz Fabíola Júlia traz uma contribuição para a discussão e rompimento dos estereótipos associados às mulheres negras, com destaque para uma homenagem à atriz do Bando de Teatro Olodum, Auristela Sá (1969-2013) e à socióloga e ex-ministra da igualdade racial Luiza Bairros (1953-2016).

O projeto Natas em Solos é um projeto artístico-investigativo-formativo que consiste na investigação, montagem e apresentação de seis solos concebidos e realizados pelos intérpretes/criadores do NATA a partir das pesquisas cênicas individuais destes artistas. Nele, desde 10 de janeiro, foram lançados outros cinco espetáculos solos dos atores Antônio Marcelo, Daniel Arcades, Nando Zâmbia, Sanara Rocha e Thiago Romero.

São resultado de 18 anos de pesquisas e trabalhos cênicos continuados do NATA a partir das inquietações artístico-filosóficas de seus intérprete/criadores.

ROSAS NEGRAS

ESPAÇO CULTURAL DA BARROQUINHA

07, 08, 14 e 15/02 – 19H

Ingressos: R$ 20 e R$ 10