Cineastas realizam oficinas gratuitas de animação em terreiros baianos


d574f031-2ae4-44d7-a5c1-40b62805a380No mês de setembro, onde são festejados os Erês nas religiões de matrizes africanas, o Núcleo Baiano de Animação em Stop Motion, apoiado pelo Edital Arte em Toda Parte, realiza a segunda etapa do projeto Òrun Àiyé: Oficina de Animação em Stop Motion, que visa o empoderamento dos jovens de Terreiro por meio da formação audiovisual, evidenciando as narrativas orais fundamentais para o Candomblé aliando-as com o poder de comunicação e de difusão linguística possível através do cinema.

Fazendo uso das novas tecnologias como ferramenta de enfrentamento do racismo e da intolerância religiosa, as cineastas Jamile Coelho e Cíntia Maria iniciam as atividades nesse sábado (03) no terreiro Ilê Axé Iboro Odé, em São Gonçalo do Retiro, segue para o Ilê Axé Omo Omin Tunde em Plataforma (10/09), encerra a etapa no Hunkpame Savalu Vodun Zo Kwe no Curuzu (18/09).

Na ocasião também será exibido o filme “Òrun Àiyé: A Criação do Mundo” premiado recentemente no Festival Largo Film Awards, em Genebra, na Suíça. A atividade já foi realizada no Terreiro Manso Dandalungua Cocuazenza (Estrada Velha do Aeroporto), no Terreiro Junsun (Alto do Cabrito) e no Zoogodô Bogum Malê Rundó (Federação).

Programação
03/09 – Ilê Axé Iboro Odé (São Gonçalo do Retiro)
10/09 – Ilê Axé Omo Omin Tunde (Plataforma/Parque São Bartolomeu)
18/09 – Hunkpame Savalu Vodun Zo Kwe (Curuzu)