Thiago Almasy estreia como diretor em curta gravado no Subúrbio


 

Ficção dirigida pelo ator baiano Thiago Almasy, Via Láctea traz a história de alienígenas que chegam à Bahia com o objetivo de dominar o planeta. Mas a missão é impactada pela pandemia. O desfecho disso poderá ser visto a partir das 19h da próxima quinta-feira (25), quando estreia no canal do artista no YouTube, plataforma onde permanece em exibição por sete dias.

“É um filme que lida com o fantástico. A ficção científica e a fantasia têm o poder de usar alegorias para refletir a própria condição humana. É um filme que tem muitas provocações”, diz Thiago, que faz uma pequena participação frente às câmeras. A começar pelo fato de que os alienígenas, que vêm na condição de colonizadores, passam a enxergar sob a perspectiva de pessoas em posições subjugadas. “É uma história que aborda o colonizador entrando no corpo do colonizado e experimentando essas subjetividades, as violências atravessadas por aquele corpo”.

Thiago Almasy

A obra, que tem cerca de 27 minutos, marca sua estreia como diretor e a amizade de oito anos com Genário Neto, um dos protagonistas do curta.

Logo após a estreia, no dia 25, a partir das 20h, Genário e Thiago comentam o filme em uma live. Na sexta-feira (26), no mesmo horário, Almasy se reúne, também em live, com o elenco do curta. Os eventos virtuais acontecem no perfil @ultimaplataforma, no Instagram.

Via Láctea
Lançamento: 25.06, às 19h | YouTube, no canal oficial de Thiago Almasy
Lives pós-lançamento: 25 e 26.06, às 20h | Instagram, perfil @ultimaplataforma