Ubuntu Festival de Negras Artes terá teatro, música e bate papo no Gamboa Nova


eles_nao_sabem_de_nada_divulgacao
Eles não sabem de nada – Festival Ubuntu

Festival de Artes Negras? Salvador tem de sobra. Vai rolar o primeiro Ubuntu Festival de Negras Artes, idealizado pela Ouriçado Produções.

Será entre 23 e 26 de novembro e no dia 4 de dezembro, um Festival multiartístico protagonizado por artistas negros e negras com ações em categorias diversas. Tudo acontecerá no Teatro Gamboa Nova.

Nomes como Mônica Santana (vencedora do Prêmio Braskem por Isto Não é uma Mulata), Naira da Hora, Shirlei Sanjeva, Vera Lopes, Sanara Rocha e Verona Reis, estarão no palco.

vaniadiasfestivalubuntu
Vania Dias

As linguagens serão as da Música e do Teatro e terão como temática central “Mulheres Negras no protagonismo das artes”. Para tanto será realizado bate papo com referências soteropretas neste campo, a exemplo de Carla Akotirene, Cássia Valle, Denise Carrascosa, Denize Ribeiro, Iane Gonzaga, Valdinéia Soriano, Vania Dias e Vilma Reis. Cada uma delas conversará com o público após cada espetáculo.

Além de três espetáculos teatrais e um recital poético-musical, de quarta a sábado às 19h, o Festival traz também um show musical no encerramento, domingo dia 4 de dezembro, às 17h, com uma banda formada só por mulheres, a Verona’s. Ingressos serão vendidos a R$ 20 (inteira) | R$10 (meia). 

veralopesfestivalubuntu
23 Quadros – Foto Fafá Araújo

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

Eles não Sabem de Nada – Naira da Hora e Shirlei Sanjeva

23/11 (quarta) – 19h

Para abrir o Festival, o espetáculo que estreou no Gamboa Nova com grande sucesso e mostra duas mulheres negras, independentes, militantes, empoderadas, cercadas de um senso de humor relativamente tendencioso. Com direção de Leno Sacramento, as atrizes prometem arrancar boas gargalhadas e reflexões do público.

Quadros – Vera Lopes

24/11 (quinta) – 19h

O recital poético musical dialoga com a vida e a obra da escritora mineira Carolina Maria de Jesus, que na década de 60 ficou nacional e internacionalmente conhecida por sua obra “Quarto de despejo – diário de uma favelada”. Na equipe Emillie Lapa, Maurício Lourenço e Jessé Oliveira, artistas que, junto com a intérprete e pesquisadora Vera Lopes, garantem que o espetáculo abranja diversas manifestações artístico-culturais, como as artes cênicas, visuais, música e literatura.

Isto não é uma Mulata – Mônica Santana

25/11 (sexta) – 19h

Vencedor do Prêmio Braskem de Teatro 2015, na categoria Revelação, o solo teatral Isto Não É Uma Mulata é uma obra que provoca reflexões sobre a representação da mulher negra.Com criação e atuação de Mônica Santana.

Antônia – Sanara Rocha

26/11 (sábado) – 19h

O espetáculo teatral aborda a violência contra a juventude negra brasileira, livremente inspirado na obra Antígona, de Sófocles. No elenco, Andreia Fábia, Diego Alcântara, Felipe Dias, Jamile Alves e Shirlei Sanjeva. 

Verona´s

4/12 (domingo) – 17h

A banda traz mistura inusitada de MPB com Rock e passeia pelo samba, afoxé e Ijexá, nas composições da vocalista Verona Reis. Na formação somente mulheres musicistas: Amanda Cerqueira, Sâmara Rosa, Aline Santana e DeyseFatuma.

veronasfestivalubuntu
Verona’s